Pratos Vizinhos - Noite dos Reis


Neste início do ano nada melhor do que pôr em prática uma vontade forte que já tinhamos em mente. Eu e o João Breuer pensámos em arranjar forma de cozinhar juntos, ver como nos davamos na cozinha. Ele que vinha de uma temporada de trabalho no Sul, não queria deixar de trabalhar nesse meio de pratos, cheiros e sorrisos. Eu queria sentir o arrebitar das celebrações das datas especiais do nosso calendário através da comida local e de uma forma que apoiasse a economia de proximidade.

O primeiro jantar materializou-se tão rápido que nem nos apercebemos, a nossa ideia bem esclarecida, os jantares eram veganos e seguiriam a seguinte proposta:

  • Produzida localmente por quem acreditamos no trabalho;

  • Produzida por nós;

  • Colhido por nós mas de origem silvestre;

  • Dar a conhecer ingredientes, produtos de qualidade;

  • Dar a conhecer a origem dos alimentos e maneiras de fazer tradicionais.

Apresentada a lista de ingredientes com quem conjuntamente iriamos preparar o jantar as pessoas alistaram-se ao chamado e em poucos dias tinhamos 34 pessoas prestes a chegar para celebrar o dar, o estar e o receber.

Na cozinha foram várias as mãos e companhias, desde os mais pequenos que ajudaram a fazer os molhos para a salada, a fazer minhocas de tupinambos e cortá-los um a um, aos amigos que iam aparecendo durante a tarde para dar uma força, os que ficaram e ajudaram a preparar a sala ao som de cantorias e gracejos e os que ajudaram a servir com todo o esmero.

O menu foi-se formando com tudo isto e assim ficou:

Aperitivo de Porto Tónico Aromatizado . Tábua de Queijos e Iguarias Veganas . . Sopa de Abóbora Okaido com Pirâmides de Cogumelos da Estação e Alho Bravo Grelhado . . Gnocchi de Tupinambo com Pesto de Azedas e Salada da Época .

. Manjar de Limoeiro . . Cerimónia do Café . . Licor de Ervas . - Vinho, Kombuchas, Infusões Frias e Águas Incluídas -

Claro que nada do que aconteceu teria sido possível sem a disponibilidade total do Lourenço Almada do Paço de Lanheses, a ajuda do Tiago Pinto do Limiar Sensitivo que transportou as pessoas que costumam celebrar este dia com ele, e todos aqueles que ajudaram na preparação deste jantar. Aos produtos biológicos da Norbio e da Biodiversus, ao pão biológico de fermentação da Ana do Pão da Terra, o vinho do João da Quinta de Val da Figueira. Havemos de repetir muito em breve!

#eventos #plantasespontâneas #celebrações

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now